quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

EXERCÍCIOS SOBRE PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS 2º ANO B

Platelmintos e nematelmintos - exercícios
 
1.    Complete as frases:
a)      O verme chamado _________________ causa irritação na região anal durante a noite.
b)      O mosquito do gênero ____________________transmite a filaria.
c)       Filariose é conhecida popularmente por ________________________.
d)      O piolho é um ____________________, enquanto a lombriga é um ____________________.
e)      O _________________é o hospedeiro intermediário da Taenia solium.
f)       O caramujo do gênero _________________abriga as cercarias.
g)      Os _________________são as larvas do esquistossomo, que atingem a água doce.
h)      Os platelmintos possuem corpo____________________, enquanto os nematelmintos possuem copo______________________.
i)        Os nematelmintos possuem ____________________completo, formados por boca e ânus.
2.    Marque com V ou F:
(    ) A região da tênia onde se localizam os genitais é o escolex.
(    )A planaria é um ser parasita.
(    ) As planarias possuem poder de se regenerar.
(    ) O corpo de uma lombriga é achatado.
(    ) Os platelmintos possuem tubo digestório incompleto, possuindo apenas uma boca.
(    )Os cisticercos são ovos da tênia que são transmitidos através de carne contaminada, crua ou mal cozida.
(    ) A pessoa com ancilostomíase fica com a pele avermelhada.
(    ) O nome científico da lombriga é Ascaris lumbricóides.
(    ) As planárias se alimentam através da laringe.
(    ) A esquistossomose é também conhecida como barriga d’água.
(    ) A cisticercose é uma verminose causada pela lombriga.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

FILO PLATEMINTOS 2º ANO




Filo Platyhelminthes (platy = chato; helmintos = verme), ou simplesmente filo dos platelmintos, reúne os animais invertebrados com corpo achatado dorsoventralmente, triblásticos, acelomados apresentando simetria bilateral. Também conhecidos como vermos achatados, podem ter vida livre (em ambientes aquáticos ou terrestres), representados pelas planárias ou ser parasitas de outros animais, inclusive o homem. 

Espécie de vida livre → Dugesia tigrina. 
Espécies parasitárias → Schistosoma mansoni (que causa a esquistossomose / barriga-d’água) e a Taenia solium (que causa a teníase e a cisticercose). 

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS 

- Sistema Digestivo: incompleto com digestão intra e extracelular (intestino muito ramificado); 
- Sistema Circulatório: ausente, sendo o alimento distribuído pelo intestino ramificado a todas as células do corpo; 
- Sistema Respiratório: ausente (as trocas gasosas ocorrem diretamente entre as células e o ambiente); 
- Sistema Excretor: presente, existindo uma rede de protonefrídeos com células-flama ou solenócitos, comunicantes através de poros excretores na superfície dorsal do corpo, eliminando os rejeitos; 
- Sistema Nervoso: presente (um par de glândulas vegetais ligados a dois cordões nervosos longitudinais); 
- Sistema Sensorial: presente (órgão especializado na captação de estímulos luminosos, mecânicos e químicos, denominado ocelos); 
- Sistema Reprodutor: certas planárias têm reprodução assexuada por fragmentação. Algumas espécies são monóicas, com desenvolvimento direto, sem estágio larval; e outras são dióicas, com diversos platelmintos parasitas possuindo estágios larvais. 

OS PLATELMINTOS SÃO AGRUPADOS EM TRÊS CLASSES: 

Classe Turbellaria (turbelários / planárias): composta por organismos de vida livre são hermafroditas, cuja autofecundação normalmente é rara. Durante a cópula os animais pareiam seus poros genitais e trocam células espermáticas que irão fecundar cada óvulo, formando vários zigotos. Uma cápsula é então sintetizada ao redor de cada zigoto, conferindo-lhes proteção, para que desse momento em diante possam ser depositados junto ao substrato onde habitam. 

planária


Classe Trematoda (trematódeos / Schistossoma): podem ser tanto endoparasitas como ectoparasitas, com ventosas circundando a boca e outra na região ventral, utilizadas na fixação do parasita ao hospedeiro. 
Existem espécies hermafroditas (Fasciola hepatica, parasitas do fígado de carneiro e também humano) e espécies de sexos separados (Schistosoma mansoni, parasitas de vasos intestinais e veias do fígado humano).

Shistosoma mansoni


Classe Cestoda (cestóides): são parasitas intestinais de animais vertebrados, representados principalmente pelas tênias.

taênia

terça-feira, 26 de novembro de 2013

FILO DOS CNIDÁRIOS - 2º ANO  

medusa

anêmona
  




















Os cnidários ou celenterados são animais exclusivamente aquáticos, em sua grande maioria, marinhos. Existem dois tipos morfológicos de indivíduos: os pólipose as medusas. Os pólipos são sésseis, ou seja, vivem fixos a um substrato e as medusas são organismos livres e natantes. São diblásticos, protostômios e com simetria radial. Podem formar colônias como é o caso das caravelas e dos corais.
Habitat: animais aquáticos, sendo a maioria das espécies marinha, mas há representantes de água doce.


Tegumento
Possuem três camadas que constituem o corpo: epiderme (camada mais externa, com células sensoriais e cnidócitos), mesogléia (camada gelatinosa que possui células nervosas formando um sistema nervoso difuso) e gastroderme(revestimento da cavidade gastrovascular). A mesogléia é muito mais desenvolvida nas medusas, o que confere aspecto gelatinoso.





Os celenterados possuem um sistema nervoso difuso.
Digestão
Os pólipos e as medusas apresentam boca, mas não possuem ânus. O alimento é parcialmente digerido na cavidade gastrovascular e a digestão é completada pelas células que revestem a cavidade. O que não é aproveitado é eliminado pela boca. A excreção e a respiração ocorrem por difusão.

Defesa
Os cnidários possuem um tipo especial de células, os cnidócitos(cnidoblastos ou nematoblastos), células de ataque e defesa, em maior quantidade nos tentáculos. Quando o cnidocílio é estimulado, um filamento que fica dentro do nematocisto é disparado. Este filamento possui um líquido urticante que pode provocar desde queimaduras até a morte.

Reprodução
Tipos de reprodução: assexuada (brotamento e estrobilação) e sexuada, podendo haver alternância de gerações
Sexuada: há presença de gônadas. Existem espécies monóicas e dióicas. Pode haver alternância de gerações envolvendo pólipos e medusas. Leia mais sobre reprodução dos cnidários.


Existem três classes: Hydrozoa, Scyphozoa e Anthozoa.

 
cifozoários

antozoários

antozoários

hidrozoários

hidrozoários






terça-feira, 19 de novembro de 2013

ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS 1° ANO BARÃO

Organelas de uma célula  e suas funções:
 
1- Nucléolo - produção dos componentes ribossômicos
 
2 - Núcleo - conservar e transmitir a informação genética na reprodução das células e regular as funções celulares.
 
3 - Ribossomos - produção de proteínas
 
4 - Vesículas - transporte de substância e união com a membrana para eliminar conteúdos para fora da célula.
 
5 - Retículo endoplasmático rugoso - participa da síntese e transporte de proteínas.
 
6 - Complexo de Golgi - faz a secreção celular.
 
7 - Citoesqueleto - participam do transporte de substâncias e dão forma a célula.
 
8 - Retículo endoplasmático Liso - participa do processo de transporte celular, além de participar da síntese de lipídios.
 
9 - Mitocôndrias - são responsáveis pela respiração das células.
 
10 - Vacúolo - atuam no processo de digestão intracelular.
 
11 - Citoplasma - nele está um fluído chamado citosol, O citoplasma tem a função de albergar as organelas e favorecer seus movimentos.
 
12 - Lisossomos - participam da digestão de substâncias orgânicas.
 
13 - Centríolos : estão ligados à organização do citoesqueleto e aos movimentos de flagelos e cilios.
14- Cloroplastos: Fotossíntese
 
 Organizados em polissomos os ribossomos são responsáveis pela síntese proteica.

Ribossomos

As fibras proteicas formam uma rede de importante para a sustentação
  das sustentação das estruturas citoplasmáticas e a manutenção da forma da célula.Essa rede de fibras formam o citoesqueleto
Citoesqueleto
 Os centríolos estão relacionados ao processo de divisão celular e a formação de cílios e flagelos.
Centríolos
Em muitos tipos de células os centríolos são responsáveis pela formação de cílios e flagelos.

Cílios e Flagelos
O retículos endoplasmático corresponde a uma rede de canais que têm a função importante de transporte dentro das células.


Reticulo Endoplasmático
  • Granuloso: Possui ribossomos aderidos a membrana.
  • Não granuloso: Não possui ribossomos

Complexo de Golgi
O complexo golgiense é uma organela constituída por numerosos sáculos interligados, normalmente localizados nas proximidades do núcleo e do reticulo endoplasmático granuloso. Tem a função de modificar e eliminar secreções proteicas.


Vacúolo
O vacúolo de suco celular contém solução de açucares, sais, proteínas e outras substâncias dissolvidas em água.
Peroxissomos
Os peroxissomos desdobram a água oxigenada que se forma normalmente em função de certas atividades da célula, mas é muito tóxica e não pode se acumular no citoplasma. A água oxigenada é desdobrada em água e oxigênio.
Cloroplasto
 
Responsável pela fotossíntese.
 
Responsável pela digestão celular.

Mitocôndria
Responsável pela respiração celular.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

EXERCICIOS DE BIOLOGIA 2º ANO

1)Sobre os musgos:
(   ) Pertencem ao grupo das briófitas.    (   ) São seres vivos heterotróficos absortivos.
(   ) São desprovidos de traqueídeos.      (   ) Preferem solos secos e frios.
(   ) São parentes das hepáticas.

A seqüência correta, resultante do preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
a) F - F - V - V – V    b) F - V - F - V – F    c) V - F - V - F - V
d) V - V - F - V – V    e) V - V - V - F - F


1)     A figura abaixo representa um organismo vivo.          

                                                                
   Assinale a alternativa que relaciona correta e respectivamente o reino, a divisão (ou filo) e o elemento reprodutivo derivado do esporófito.
a) Fungi, Bryophyta e esporo.            b) Plantae, Bryophyta e esporo.
c) Plantae, Pteridophyta e esporo.     d) Fungi, Pteridophyta e semente.
e) Protista, Fungi e semente.


3)A figura mostra a face inferior de uma folha onde se observam estruturas reprodutivas.
                                  
                   

A que grupo de plantas pertence essa folha e o que é produzido em suas estruturas reprodutivas?
a) Angiosperma; grão de pólen.    b) Briófita; esporo.    c) Briófita; grão de pólen.
d) Pteridófita; esporo.     e) Pteridófita; grão de pólen.

4)No reino vegetal o aparecimento dos vasos lenhosos é assinalado pela primeira vez entre

a) angiospermas.   b) musgos  c) gimnospermas.  d) hepáticas.  e) pteridófitas.

5) A Mata Atlântica é um ambiente bastante úmido. Nesse ambiente, é comum encontrar diversos tipos de plantas verdes, de pequeno porte (alguns centímetros), crescendo sobre troncos e ramos de árvores, bem como recobrindo certas áreas na superfície do solo. A reprodução destas plantas não ocorreu por meio de flores, mas no seu ciclo há gametas envolvidos.

a) Que plantas são essas?
b) Qual o fator que delimita o seu tamanho?



6)Num filme ficção científica havia musgos gigantes, do tamanho de coqueiros. Qual sistema, ausente nos musgos reais, deveria estar presente nos gigantes para que eles atingissem esse tamanho? Por que? 

7) o que diferem briófitas e pteridófitas quanto ao deslocamento da água no interior da planta? 

8)  Em um brejo, encontrou-se grande quantidade de musgos (briófitas) e samambaias (pteridófitas). Todos os musgos eram pequenos, com poucos centímetros de altura, ao passo que algumas samambaias alcançavam até 2 metros. Que diferenças na estrutura desses grupos justifica essa diferença de tamanho?

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

EXERCÍCIOS DE TRANSPORTE NA MEMBRANA PLASMÁTICA 1º ANO

1)(PUC-RIO 2008)
A salga, um antigo processo de conservação de alimentos, tem como princípio a:
A)
diminuição do metabolismo das células dos alimentos;
B)
diferença de pressão osmótica;
C)
diminuição da temperatura;
D)
diferença no pH do alimento;
E)
diferença no conteúdo de gordura do alimento.

2) (UFSC 2011)
Dentre os vários mecanismos de transporte em nível de membrana celular, podemos citar a  osmose. De maneira simplificada, a figura abaixo esquematiza as condições para a ocorrência da osmose.



Com relação ao processo osmótico, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

01. Haverá passagem de água do lado A para o lado B.
02. Na natureza o meio hipertônico cederá moléculas de soluto para o meio hipotônico até que se estabeleça um equilíbrio.
04. Se A fosse o meio intracelular de uma célula humana e B água pura, com certeza esta célula iria estourar.
08. Se A fosse o meio intracelular de uma célula vegetal e B água pura, a parede celulósica impediria que sua membrana celular se rompesse.
16. A pressão osmótica é gerada pela passagem do solvente do lado B para o lado A.
32. As células de nosso corpo encontram-se banhadas por uma solução isotônica; desta forma, a passagem da água do meio extracelular para o intracelular ocorre por osmose.

3) (UNICS/AL-2011) Zeca é um biólogo e estava estudando 3 tubos de ensaios contendo hemácias, as quais foram analisadas ao microscópio.
No primeiro tubo (A), as células estavam murchas, no segundo (B), normais e no terceiro (C), inchadas.





Pode-se afirmar que as hemácias foram colocadas em solução

a) hipotônica no tubo A.
b) isotônica no tubo B.
c) hipertônica no tubo C.
d) hipotônica no tubo B.
e) isotônica no tubo A.



.4) (Unicamp-2011) Duas fatias iguais de batata, rica em amido, foram colocadas em dois recipientes, um com NaCl 5M e outro com H2O. A casa 30 minutos as fatias eram retiradas da solução de NaCl 5M e da água, enxugadas e pesadas. A variação de peso dessas fatias é mostrada no gráfico abaixo.


a) Explique a variação de peso observada na fatia de batata colocada em NaCl 5M e a observada na fatia de batata colocada em água.

b) Hemácias colocadas em água teriam o mesmo comportamento das células da fatia de batata em água? Justifique.

5) (UEPGPR-2012) – Todas as células estão envolvidas por uma membrana plasmática que controla a entrada e saída de substâncias. Nesse contexto, assinale o que for correto.

01) Nas células animais, na osmose ocorre a passagem de  solvente  por  uma  membrana  semipermeável, quando há diferença de concentração entre duas soluções. O solvente passa de uma região mais concentrada para uma menos concentrada (hipotônica).
02) Mergulhadas nas camadas lipídicas das membranas estão as proteínas, as quais podem desempenhar funções extremamente importantes às células, como o transporte de substâncias e como  receptores celulares.
04) O transporte de grandes moléculas  para o interior da célula pode ser realizado por exocitose, por meio da expansão de regiões do citoplasma, denominadas de pseudópodes.
08) A membrana plasmática é formada por uma dupla camada de lipídeos, a qual apresenta uma região polar (com afinidade pela água), voltada para os meios extra e intracelulares, e uma região apolar (sem afinidade pela água).
16) A membrana plasmática possui a propriedade de permeabilidade seletiva. No transporte ativo, as substâncias se movem contra um gradiente de concentração, havendo gasto de energia para esse deslocamento








EXERCÍCIOS DE ECOLOGIA ECOCONCEITOS 3º ANO

1)  Comunidade é o conjunto de:

 (A) espécies que têm o mesmo hábitat e constituem uma população.

 (B) organismos que habitam o mesmo ambiente e interagem uns com os outros.

 (C) interações de seres vivos com o ambiente físico, formando uma teia alimentar.

 (D) indivíduos de uma espécie que podem viver em determinado ecossistema.

 (E) consumidores que têm como alimento o mesmo tipo de produtor com o qual formam cadeias alimentares.

2) “Habitat” e “nicho ecológico” são importantes conceitos aplicados em ecologia. Diferencie esses termos citando exemplos tipicamente brasileiros.

 

3) O conjunto do ambiente físico e dos organismos que nele vivem é conhecido como:
a) biótopo    b) ecossistema     c) biomassa     d) bioma     e) comunidade

 

4) Por que os decompositores também são considerados consumidores?


5) O grupo de seres vivos que possui representantes que podem ocupar, numa teia alimentar, as posições de produtor e de decompositor é o:

 a) das algas.      b) das bactérias.      c) dos fungos.     d) dos vegetais.     e) dos protozoários.

 

6) Qual a diferença entre cadeia e teia alimentar?

 

7) Tendo em vista os conceitos de CADEIA e TEIA alimentar, bem como de POPULAÇÃO e COMUNIDADE, podemos afirmar que:
a) A preá, a cobra e o gavião representam uma população e um exemplo de uma cadeia alimentar.
b) O conjunto de preás da região formam uma população e os consumidores, devorando-se, formam uma teia alimentar.
c) Preás e cobras do charco formam uma população e, para as cobras, as preás são produtoras de alimento.
d) Preás, cobras e gaviões formam uma comunidade; as cobras são consumidores primários e os gaviões consumidores secundários.
e) O conceito de produtor está associado ao fornecimento de alimento e, de consumidor, àqueles que o utilizam.

 

8) Com relação aos conceitos de HABITAT e NICHO ECOLÓGICO, marque a opção correta relacionada abaixo:

a) cobra e gavião ocupam o mesmo habitat.
b) preá e cobra estão no mesmo nicho ecológico.
c) gavião, cobra e preá estão no mesmo nicho ecológico.
d) cobras neste mesmo local ocupam o mesmo nicho ecológico.
e) preás podem ocupar o mesmo habitat, mas têm nichos ecológicos diferentes

9) O conjunto do ambiente físico e dos organismos que nele vivem é conhecido como:
a) biótopo     b) ecossistema      c) biomassa     d) bioma     e) comunidade


10) Com relação a uma determinada cadeia alimentar de predadores, assinale a afirmativa INCORRETA:
a) Os decompositores atuam apenas no final da cadeia alimentar.  

 b) Um mesmo organismo pode pertencer a vários níveis tróficos.
 c) Os consumidores exclusivos de segunda ordem são sempre carnívoros. 

 d) Em cada elo da cadeia alimentar perde-se energia potencial.
e) Quanto menor a cadeia alimentar, maior a energia potencial disponível.

11) As espécies de capim que crescem nos campos da Austrália podem ser diferentes das que existem na América ou na África, mas todas têm a mesma função: são produtores dos ecossistemas de campo. Nos campos da Austrália vivem cangurus, nos da África há zebras e na América do Norte há bisões. Todos esses animais exercem em seus ecossistemas a função de:
a) consumidores primários
b) consumidores secundários
c) consumidores terciários
d) decompositores
e) parasitas